Jô Soares

Jô Soares – perfil, biografia, carreira, vida pessoal, curiosidades

José Eugênio Soares, mais conhecido simplesmente e profissionalmente como Jô Soares,nasceu no dia 16 de janeiro de 1938 no Rio de Janeiro e faleceu em 05 de agosto de 2022 em São Paulo. O apresentador de televisão e humorista brasileiro ficou conhecido pelo programa de humor “Viva o Gordo”, o qual apresentou por 25 anos. Recentemente, o testamento de Jô foi revelado ao público.

Perfil

  • Nome profissional: Jô Soares
  • Nome completo: José Eugênio Soares
  • Lugar de nascimento: Rio de janeiro
  • Data de nascimento: 16 de janeiro, 1938
  • Data de falecimento: 5 de agosto, 2022
  • Altura: 1,7m
  • Filho: Rafael Soares

Vida Pessoal

Jô Soares

Filho da dona de casa Mercedes Pereira Leal e do empresário Orlando Heitor Soares, José é o único filho do casal e cresceu no Rio de Janeiro, passando um período na Suíça para dedicar-se aos estudos. Sua família possui políticos importantes na história, como é o caso de Filipe José Pereira Leal, diplomata e presidente da província de Espírito Santo durante o período do Brasil Imperial. 

Na infância, desejava ser diplomata devido à influência da família. Por isso, chegou a estudar no Lycée Jaccard, localizado em Lausana, na Suíça. Na época, recebeu o apelido de Joe, fazendo referência à canção “Hey Joe”, e depois mudou o apelido para Jô. Com o tempo, percebeu que seguiria outro caminho e o sonho da infância ficaria apenas na memória.

Sua vida amorosa foi recheada de relacionamentos com mulheres famosas. Em 1959, o capricorniano casou-se com a atriz Therezinha Millet Austregésilo. Da união, o casal teve um filho chamado Rafael Soares e diagnosticado com Transtorno de Espectro Autista (TEA). O casamento durou vinte anos e o casal divorciou-se em 1979.

Em 1980, o carioca casou-se com a atriz Silvia Bandeira. O relacionamento durou três anos. Após o divórcio, José namorou a atriz Cláudia Raia. Em 1987, José casou-se com a designer gráfica Flávia Junqueira Pedras e o casal divorciou-se em 1998. Mesmo após a separação, Flávia e José mantinham uma relação de amizade e ela chegou a herdar um apartamento luxuoso avaliado em R$ 7,2 milhões após a morte do humorista.

Em 2022, o humorista morreu após 22 dias internado no Hospital Sírio Libanês. De acordo com Flávia Pedras, amiga e ex-esposa de Jô Soares, ele teve o velório com o caixão fechado e foi cremado. Quatro meses após a morte, a certidão de óbito foi revelada à imprensa e foi descoberto que a causa da morte de Jô foi uma mistura de fatores: insuficiência renal e cardíaca, estenose aórtica e fibrilação atrial.

Carreira

Multifacetado, Soares começou a carreira em 1958 escrevendo roteiros para shows de comédia. Na década de 60, roteirizou e atuou no programa de humor “Família Trapo” (Record TV). Na década de 70, o artista assinou contrato com a TV Globo. Na emissora, ele cria o próprio programa após atuar em diversos programas de humor, o “Viva o Gordo” (1981) e aproveita para referenciar famosas cenas do cinema em seu projeto.

Em 1988, o humorista retorna ao SBT enquanto apresentador do talk show “Jô Soares Onze e Meia”. O programa ficou no ar até os anos 2000. Em 2000, o carioca retorna à TV Globo e apresenta o talk show “Programa do Jô” por 25 anos.

Fatos e Curiosidades

  • A herança de Jô Soares, solteiro e sem filhos vivos, foi dividida entre quatro funcionários do “Programa do Jô”, a empresária e amiga Claudia Colossi e a ex-esposa Flávia Pedras;
  • Jô era poliglota e possuía níveis diferentes de fluência em cinco idiomas: português, inglês, francês, italiano e espanhol.

Última atualização em 3 de março de 2023

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *