Cássia Kis

Cássia Kis – perfil, biografia, carreira, filhos, marido, idade, curiosidades

Última atualização em 19 de janeiro de 2023

Cássia Kiss Magronota nasceu no dia 06 de janeiro de 1958 na cidade de São Caetano do Sul, em São Paulo. A atriz brasileira ficou conhecida pela atuação nas telenovelas “Roque Santeiro” e “Pantanal”. Hoje, ela tem 65 anos de idade e interpreta a personagem Cidália na novela “Travessia”, exibida na TV Globo.

Conheça sua idade, data de nascimento, ex-maridos, marido atual, filhos, idade e curiosidades.

Perfil

Cássia Kis
  • Nome artístico: Cássia Kis
  • Nome completo: Cássia Kis Magro
  • Lugar de nascimento: São Caetano do Sul, SP
  • Data de nascimento: 6 de janeiro, 1958
  • Signo: Capricórnio
  • Idade: 65 anos
  • Altura: –
  • Peso: –
  • Filhos: Maria Cândida Fonseca, Pedro Gabriel Brandão, Joaquim Maria Fonseca, Pedro Miguel Brandão
  • Marido: João Baptista Magro Filho (casado em 2009)
  • Ex-maridos: Sérgio Brandão (1999–2009), João Alberto Fonseca (1992–1999)

Vida Pessoal

Cássia Kis
Cássia Kis

Filha de um mecânico e uma dona de casa, a paulistana tem quatro irmãos. Durante a infância, Cássia viveu em um quarto-cozinha em um cortiço a família, onde viveram com muitos conflitos e a pobreza.

Com 14 anos, Cássia conquistou seu primeiro emprego, sendo vendedora em uma loja. Para distrair-se dos problemas em casa, a jovem saía com os amigos para fumar cigarros e beber cachaça. Com 15 anos de idade, ela foi expulsa de casa e levou apenas um colchão e um jogo de lençóis.

Sem lar, a capricorniana morou com sua melhor amiga por três meses. Na época, ela frequentava muitos shows de amigos e começou a fumar maconha. Demitida do emprego de vendedora, a jovem mudou-se para São Paulo, onde morou sozinha em uma quitinete.

Em São Paulo, Cássia trabalhava como secretária durante o dia e cursava o ginásio à noite. Com 16 anos, namorou pela primeira vez e acabou ficando grávida. O namorado não aceitou a gravidez e terminou com ela. Cássia fez um aborto em uma clínica clandestina. Em entrevistas, a artista contou que tentou suicídio e desenvolveu depressão e bulimia após a cirurgia.

Com 18 anos, a jovem estudou em um curso profissionalizante de teatro e estudava astrologia no tempo livre. Na época, experimentou ayahuasca, chá de cogumelo e LSD, entretanto, parou de consumir as drogas com 21 anos porque não queria consumir drogas mais pesadas.

Com 23 anos, mudou-se para o Rio de Janeiro. Inicialmente, chegou a morar na rua e dormir em bancos de praça, mas foi acolhida por um poeta popular que cedeu um quarto de empregada para ela em seu apartamento. Nesse período, ela trabalhava como faxineira e praticava meditação e ioga nas horas vagas.

Com 31 anos, a artista descobriu que possui transtorno bipolar do tipo misto e chegou a fazer psicoterapia para tratar a doença. Cássia herdou o problema da mãe e da avó e fez tratamento medicamentoso com anti depressivos, ansiolíticos e lítio.

Atualmente, a atriz é católica e se posiciona publicamente contra o aborto.

Carreira

Kiss estreou na televisão em 1979 interpretando a personagem Flávia na novela “Cara a Cara”, exibida na TV Band. Posteriormente, a atriz participou de peças teatrais e filmes para o cinema.

Em 1985, a atriz ganhou notoriedade ao interpretar a personagem Lulu na novela “Roque Santeiro”, exibida na TV Globo. Em 1990, a atriz voltou a chamar a atenção do público ao interpretar a personagem Maria Marruá, uma mulher que vira onça, na novela Pantanal.

Desde a década de 80, a atriz vem atuando com exclusividade nas novelas da  TV Globo. Em 2001, Kiss participou do elenco do filme “Bicho de Sete Cabeças”, dirigido por Laís Bodansky, e chegou a ser premiada com o “Troféu de Atriz Coadjuvante” no Festival de Recife.

Fatos e Curiosidades

  • Recentemente, a atriz participou de manifestações da extrema direita brasileira e esteve envolvida em polêmica após falas homofóbicas;
  • Segundo o Metrópoles, Kiss foi denunciada por 15 funcionários da TV Globo por homofobia e assédio moral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.