Adriana Araújo

Adriana Araújo – perfil, biografia, idade, vida pessoal e carreira

Adriana Falcão de Araújo nasceu no dia 18 de abril de 1972 em Itabirito, no estado de Minas Gerais. A jornalista brasileira ficou nacionalmente conhecida pela apresentação do telejornal “Jornal da Record”, em parceria com o jornalista Celso Freitas na TV Record. Com 50 anos de idade, ela apresenta o programa “Entre Nós”, transmitido na Rádio BandNews FM.

Sumário

Perfil

  • Nome artístico: Adriana Araújo
  • Nome completo: Adriana Falcão de Araújo
  • Data de nascimento: 18 de abril, 1972
  • Idade: 51 anos
  • Signo: Áries
  • Altura: ND
  • Esposo: Chico Zaidan Mendez
  • Filha: Giovana Araújo
  • Programas: Jornal da Record, Entre nós
  • Rede social: instagram

Vida Pessoal

Adriana Araújo e filha Giovana
Adriana Araújo e filha Giovana

Casada com o também jornalista Chico Zaidan Mendez, Adriana é mãe de Giovana Araújo, fruto de outro casamento. A filha da ariana nasceu com apenas dois dedos na mão direita e chegou a realizar muitas cirurgias durante o seu tratamento.

Diagnosticada com hemimelia fibular, a jovem utiliza uma luva especial nas mão direita. Atualmente, Giovana é estudante de medicina e é o orgulho da mãe. Em seu livro, a jornalista conta que o pai biológico da filha chegou a sugerir que ela trocasse o bebê devido à sua síndrome ortopédica. 

Carreira

Formada em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), ela começou a carreira como repórter no jornal impresso “Diário do Comércio” em Belo Horizonte. Ao mesmo tempo, ela foi repórter na TV Globo em Minas Gerais. Em 1995, a jornalista foi transferida para a Rede Globo. Com isso, ela passou a produzir matérias para os telejornais “Jornal Nacional” e “Bom dia Brasil”.

Em 2002, a jornalista foi transferida para Brasília. Na época, Araújo cobriu a política e a economia na capital federal para o telejornal “Jornal Hoje”. Em janeiro de 2006, Araújo saiu da emissora e assinou contrato com a Record TV. Na emissora de Edir Macedo, estreou na apresentação do telejornal “Jornal da Record” ao lado do jornalista Celso Freitas. Com isso, a jornalista ganhou notoriedade no jornalismo brasileiro.

Em 2007, ela assumiu a apresentação do programa “Entrevista Record” no canal de notícias Record News. Em 2009, ela tornou-se correspondente em Nova York pelo “Jornal da Record”, em substituição à jornalista Ana Paula Padrão. Na época do telejornal, a jornalista entrevistou Dilma Rousseff após as eleições vitoriosas de 2010 e chegou a cobrir os Jogos Olímpicos em 2012.

Em 2013, Araújo assume a apresentação do boletim de notícias “Domingo Espetacular” em parceria com os apresentadores Janine Borba, Fabiana Scaranzi e Paulo Henrique Amorim. No mesmo ano, retornou ao “Jornal da Record” como âncora ao lado de Celso Freitas. Em 2020, a jornalista foi transferida para o programa “Repórter Record Investigação”.

Após 15 anos na TV Record, a jornalista foi demitida da emissora em 2021 por conta das suas fortes críticas ao governo de Jair Bolsonaro. Nas redes sociais, Araújo escreveu uma carta de despedida em que aponta que está do lado da verdade e defende a ciência e a vida. Em contrapartida, a Record TV foi acusada de minimizar os impactos da pandemia de COVID-19 em nossa sociedade.

Em abril de 2022, Araújo foi contratada pela Rede Bandeirantes. Na emissora, ela estreou como âncora do telejornal local “Boa tarde, São Paulo”. Desde 2022, ela vem apresentando o programa “Entre Nós”, na Rádio BandNewsFM.

Fatos e Curiosidades

  • Em 2020, a jornalista lançou o livro “Sou a mãe dela” pela Editora Globo. Na obra, Araújo revela o tratamento da filha para uma síndrome ortopédica de forma comovente.
  • Ela é autora do livro “Sou a mãe dela”.

Última atualização em 13 de abril de 2023

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *